quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O MAL* E O NEPOTISMO

O MAL* do Nepotismo
senhoras e senhores:

seguimos em tempos de eleições. Dilma segue na perspectiva de vencer no primeiro turno, Serra atém-se ao denuncismo pueril (o pior de que ouvi falar foi ele ter dito -disse?- que a economista é incompetente, pois não conseguiu administrar, em 1994, uma lojinha de vendas de R$ 1,99). Brasília é a capital do nepotismo, a charge de Nanini vale como uma reportagem maravilhosa e pode ser encontrada aqui.

ouvi dizer que que a lei anti-nepotismo pintou no dia 7 de junho. claro que a lei não previu que, no dia 25, a filha de David Matos (que seria nomeado para presidente dos Correios e Telégrafos [?]), Ms. Paula Damas de Matos, foi nomeada para precisamente a Casa Civil, onde recém tomara possa Ms. Erenice Guerra, de tão alardeados feitos, nos dias que correm. a tal lei do nepotismo terá tantas alíneas e circunlóquios que seria difícil enquadrar uma pessoa como realmente aparentada ao nomeante. e mais ainda a lei deveria ser fiscalizada pela Controladoria Geral da União das Repúblicas Federativas do Brasil, um troço assim.

isto, claro, é manifstação mais simples e evidente do nepotismo. aprendi tudo sobre o tema durante minha recente campanha na Itália:

nipote [ni-pó-te], antiq. nepote, n.m. e f. [pl. -i]
1 figlio, figlia del figlio o della figlia; figlio, figlia del fratello o della sorella: mio nipote; la nostra nipote dim. nipotino, nipotina, accr. nipotone, nipotona
2 il coniuge del nipote o della nipote; il figlio, la figlia del cugino o della cugina
3 (spec. pl.) discendente, postero: i nipoti d’Adamo, il genere umano
? Lat. nepote(m)
© 2005, De Agostini Scuola S.p.a. - Garzanti Linguistica

a ingenuidade (no sentido de singeleza) da chapa Serra-Dilma é que eles (ou apenas seus eleitores?) pensam que podem resolver tudo, desde que sejam eleitos, como o serão com 100% de chances! um deles. as alianças entre eles não surgirão, mas quem duvida? talvez surjam, intermediadas pelos Sr. Fernando Pimentel e Aécio Neves. o MAL* requer anistia aos ladrões estrela, determinando a honestidade para um horozinte de tempo que permita à sociedade organizar-se, inclusive enganando os políticos cabíveis nos xilindrós, para que eles pensem que o assunto não é com eles.
DdAB

Nenhum comentário: