sábado, 5 de maio de 2018

Marx 200: trabalhadores do mundo: uni-vos!


Querido diário:

Há tempos dei-me conta de que é fácil gravar a data de nascimento de Karl Heinrich Marx. É maio, é cinco: 05.05. E é século 19, ou seja, 1800 e mais: 18. Então seria, para facilitar, o ano 18 do século. Ou seja, 1818. Ou melhor: 05.05.1818.

E hoje completam-se 200 anos desse dia. O nascimento de um dos cérebros mais privilegiados que a humanidade já produziu. Digo-o não tanto por conhecer todos os demais cérebros, mas por entender que a simples ação de transcrever em manuscrito ou digitando suas obras completas de 56 volumes em parceria com Friedrich Engels já dá mais tempo de que posso dispor a partir de hoje.

E há uns cinco ou seis anos resgatei aquela foto que tiramos em Berlim. E cheguei hoje ao final do experimento. A menos que isto tenha-se transformado em um TOC e nunca mais possa livrar-me.

DdAB
P.S. Todos sabemos o fervor com que leio o jornal porto-alegrense Zero Hora que me apronta tantas e boas que cognomino-o de Zerro Herra. Pois hoje, pelo que li até agora, na página 2 -Túlio Millmann- temos uma aproximação como homenagem a Marx: fala-se no Instituto Max Plank. Não é coisa da Zerro Herra, trocar Plank por Karl e omitir o "r" no Max?
Max, digo, mas não é só isso. Na página 58, onde se o Almanaque Gaúcho, temos a seção
DIA 5 NA HISTÓRIA
\ Em 1818, nasce o filósofo Karl Marx, fundador da doutrina comunista moderna.
\ Preso e exilado, Napoleão Bonaparte morre na ilha de Santa Helena, em 1821.
\ Nasce, em 1946, a cantora e compositora Beth Carvalho.
E acrescento: também nasceu neste dia, meu querido ex-aluno Cássio Silva Moreira.

P.S.S. 2013: Domingo, 05 de maio: aqui.


P.S.S.S. 2014 : Segunda-feira, 05 de maio: aqui.

P.S.S.S.S. 2015: Terça-feira, 05 de maio: aqui.

P.S.S.S.S. 2016: Quinta-feira, 05 de maio: aqui. (Pulou um dia da semana, por ser ano bissexto).

P.S.S.S.S.S. 2017: Sexta-feira, 05 de maio: aqui.

P.S.S.S.S.S.S. 2018: Hoje: aqui mesmo.

P.S.S.S.S.S.S.S. E coloquei isto no Facebook:
Hoje completam-se 200 anos do nascimento de Karl Marx. Venho brincando com o momento deste bicentenário há vários anos. Quem sabe terá sido mesmo desde que fomos a Berlim pela primeira vez, o que conta-se como maio de 1990, quando o comunismo da Alemanha Democrática havia caído mas nem todos tinham-se dado conta. Há poucos anos comecei a viajação em meu blog:

P.S.S.S.S.S.S.S.S. Uma postagem de Jorge Ussan (sempre ele...) no Facebook suscitou estas reflexões de minha parte:

Acredito que um erro de Lula foi não implementar a Lei 10,835/2004 que instituiu a renda básica da cidadania (ergo sancionada por ele). E se meu segmento da esquerda assumir o poder em janeiro/2019, vou recomendar a implantação gradativa:
.a concessão da RBC a todas as mulheres que detêm a bolsa família
.b concessão às demais mulheres pobres nordestinas
.c concessão às demais mulheres do país
.d concessão aos pobres nordestinos
.e concessão aos demais pobres
.f concessão aos ricos.
Que faz um rico ao empalmar os ganhos da RBC? Por exemplo, desconta do imposto de renda. Ou até, com muita cautela, pode doar a um pobre de sua confiança (quero dizer, pobre deve ser impedido de doar a traficantes, malfeitores, políticos).

Nenhum comentário: