domingo, 27 de dezembro de 2015

Transição Importante: não acaba nunca...



Querido diário:

Escrevi a encrenca que segue num comentário de Tânia Giesta que foi postado aqui. Lembro: isto ocorreu no dia 2 de setembro de 2011: 

Estamos numa transição importante. Não é mais a transição para a sociedade da abundância, mas a transição distributiva. O crescimento mundial pode ser nulo ou próximo, como já queriam os proto-ecologistas de 50 anos atrás. Claro que pensar em alimentar as crianças africanas é um determinante ético da ação de muita gente. Muita gente, porém, outra gente, não pensa mais do que em seus próprios interesses e não consegue visualizar dificuldades além das questões locais. Quando vejo gaúchos perdendo tempo em odiar o Grêmio ou o Internacional (e até ambos simultaneamente), impaciento-me, pois entendo que estão servindo para atrasar o progresso no rumo da sociedade igualitária.

Escrevo agora: se trocarmos uma ou outra palavra por impeachment, petralha, coxinha, mentira, traição, vingança, e por aí vai, estaremos descrevendo precisamente o Brasil do último domingo de 2015!

DdAB
A imagem veio daqui. A julgar pela renda per capita daquelas duas crianças, estamos mesmo falando em bronca, contradições entre os países capitalistas avançados, hehehe.

Nenhum comentário: