terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Primeiro do Ano

Querido diário:
O primeiro do ano é um dia que não volta mais. Ao escrever este vibrante e inarredável título da postagem de hoje, preciso acusar que em 2012 bati o recorde de postagens, com 310 sinalizações. Este ano, espero pelo menos 311.

Mas aí lembrei-me que havia gente que, quando eu estava no primeiro ano do ensino fundamental, chamava-me de "primeiro ano, cabeça de pano." Apenas na condição de estudante universitário, mais de uma década após é que me dei conta de que também, ao ser promovido ao segundo, também caberia: "segundo ano, cabeça de pano". E hoje dei-me conta de que qualquer ano rima com pano. Só com hai-kais mesmo, que espero publicar em 2013.

DdAB
A imagem é de Jenny Bitner. Com sua Caperucita Roja, não era assim?

2 comentários:

Daniel Simões Coelho disse...

E sinceros votos de um ano majestoso.

Abs

... DdAB - Duilio de Avila Bêrni, ... disse...

Muito obrigado, Daniel! Muito obrigado a meus leitores! Minhas leitoras!! Devolvo exponencialmente estes votos, pois somos mesmo majestades!
DdAB