quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Analogias Grotescas: Temer e Maduro


Querido diário:

Bem entendo que o Brasil está de luto com a derrota (totalmente previsível) do encaminhamento do pedido de impeachment de Michel Temer. E também entendo razoavelmente que a Venezuela está dirigida pelo mesmo tipo de político, excessivamente auto-interessado. E ambos sendo escravos de um grupo de "percevejos de gabinete" acostumados a beber o sangue do povo.

E que têm eles, Temer e Maduro, em comum? A espantosa incapacidade de formar um consenso mínimo em torno de objetivos nacionais. Por isso mesmo é que achei que a frase do dia, e talvez frase para durar até a posse do novo presidente da república eleito pelo voto popular (com todas as restrições impostas pelo sistema eleitoral brasileiro), é de autoria de Rudolf Virchow, escrita em 1848:

Politics is nothing but medicine on a grand scale.

Sabe quem é Rudolph Virchow? Leia aqui.

E de onde tirei esta pérola que é o antônimo das habilidades da dupla Temer-Maduro? Daqui:

STUCLKER, David & BASU, Sanjay (2013) The body economic; why austerity kills. London: Allen Lane. p. v [cinco romano].

DdAB
Imagem: os dois vilões da semana. E que sei eu de Rudolph Virchow? Que era um polonês que fez a carreira principalmente em Berlim e uma clínica que leva seu nome localizava-se perto de minha casa, durante o pós-doutorado que lá fiz há 10 anos.

5 comentários:

Anaximandros disse...

O difícil e, quase irreconciliável, é aceitar os posicionamentos públicos do PT e PSOL em relação ao Maduro, seria insuportável num ambiente de guerra fria, nos dias atuais é um primarismo fantástico. Quanto ao nosso outro líder de percevejos, só a saída nos redimiria. Grande abraço, do s.

... DdAB - Duilio de Avila Bêrni, ... disse...

Sábio Filósofo:
Grato pela observação alinhada com minha maneira de ver esse dançante e solitário universo. Voltei àquela referência de Leon Trotsky com relação à situação soviética e a Alemanha: nem paz, nem guerra. No caso, não quero nem que o Temer fique nem que saia.

Por outro lado, garrei de ler o Carlo Rovelli's Reality is not what it seems, achando algo na página 127 que me fez pensar em ti:

"We need to rethink the grammar of our understanding of the world. Just as happened with Anaximander, who understood that Earth flies in space, and that 'up and down' do not exist in the cosmos [...]".

Abraços e volte sempre!!!

... DdAB - Duilio de Avila Bêrni, ... disse...

Destemido filósofo:
A página 127 do signore Carlo não era nada. Há instantes cheguei na página 168 e li:

"Covariance quantum fields have become today the best description that we have of the the άπειρον, the apeiron, the primal substance of which everything is formed hypothesized by the man that could perhaps be called the first scientist and the first philosopher, Anaximander.* [Aquele apeiron em grego está em grego no original e depois está em itálico]

Nota de rodapé*:
'[...] all the different elementary particles could be reduced to one universal substance which could equally be called energy or matter, and none of the particles should be privileged and considered more fundamental. This point of view corresponds to Anaximander's doctrine, and I am convinced that in modern physics this is the correct point of view'. Werner Heisenberg, Physics and Philosophy: The Revolution in Modern Science (New York, Harper & Row,, 1962. [Tudo assim, como é o caso, em particular, daqueles colchetes com as reticências inside. O título do livro de Heisenberg está todinho em itálico. Fecho meus colchetes, DdAB].

Dipika Bhoi disse...

Thanks for providing such nice information to us. It provides such amazing information on care/as well
Health/.The post is really helpful and very much thanks to you. The information can be really helpful on health, care as well as on
exam/ tips. The post is really helpful.
Thanks for providing such nice information to us. It provides such amazing information on Medical Exams/

... DdAB - Duilio de Avila Bêrni, ... disse...

Obrigado, querida. Thanks a lot, dear friend.
DdAB