quarta-feira, 29 de março de 2017

Sigo no Jessé: mas pensando de lado


Querido diário:

Como sabemos, fiquei abaladíssimo (no bom sentido) com a leitura de

SOUZA, Jessé (2015) A tolice da inteligência brasileira; ou como o país se deixa manipular pela elite. São Paulo: LeYa.

Então veio-me a necessidade de recuperar alguma coisa de meus estudos específicos e antigos de sociologia. Caí, para começar o assunto, na Wikipedia (em inglês). E vim lendo até que aprendi algo interessante. Os autores do verbete falam em quatro "tradições teóricas":

.a classical theory
.b functionalism
.c utilitarianism
.d conflict theory.

Sobre o utilitarismo, veio-me à compreensão o pensamento de Josh Whitford, dizendo que "rational actors are assumed to have four basic elements, the individual has
.1 knowledge of alternatives
.2 a knowledge of, or belifes about the consequences of the various alternatives
.3 an ordering of preferences over autcomes
.4 a decision rule, to select among the possible alternatives.

Super bem comportados, mas no próprio verbete fala-se na racionalidade limitada de Herbert Simon e outros.

DdAB

Nenhum comentário: