terça-feira, 15 de março de 2016

O Correio do Povo, a Passeata de sua Fração mais Rica e o Assassino Juvenil


Querido diário:

Perco-me entre ti e o Facebook das 11h desta manhã. Hoje postei por lá tantas catilinárias contra o status quo e adjacências que... nem sei. Mas quero falar de algo novo aqui. Um guri matou seu avô e, segundo o delegado que o atendeu, o butim foi de R$ 190 e um celular. Só bebendo!

Então, lá no Fb, falei sobre a passeata e sua fração mais rica. O Correio do Povo, que comecei a ler sistematicamente a partir de ontem (e o farei por cerca de seis meses) fala no assassino juvenil. Há um bom tempo, aqui, e em outros locais, tão chocado estou até hoje) falei em algo parecido: uma garota de 13 anos que matou sua avó,  a fim de recolher um dinheirinho para comprar drogas. Ou seja, o Correio do Povo já está servindo de minha sentinela para entender as patologias sociais peculiares às sociedades de elevado grau de desigualdade econômica, educacional, nutricional, ética, e por aí vai.

Na página 17 do citado jornal, lemos:

SOLEDADE [progressista município do planalto médio do RGS]
Neto suspeito de matar avó
   Uma idosa de 77 anos foi morta com uma facada no pescoço na tarde de ontem em sua residência no bairro Farroupilha no município de Soledade, na região Norte do Estado. Segundo a Polícia Civil, um neto da vítima, de 17 anos, teria sido o autor do crime.
   O assassinato ocorreu por volta das 11h30min. De acordo com a Polícia, uma vizinha encontrou o corpo da idosa caído no banheiro. A BM apreendeu o rapaz no bairro Missões. Segundo o delegado Marino Franceschi, o adolescente admitiu ter pego R$ 190 e o telefone celular da avó.

Digo novamente: se a máquina do tempo pudesse indagar quanto eu pagaria pela vida desse senhora, eu diria: R$ 191 e dois celulares, pelo menos.

DdAB
P.S. a imagem é soit-disant.
P.S.S. Lá no Fb, fiz referência à estupefaciente postagem do "Guia Definitivo" a que chegamos ao clicar aqui. De que se trata? Lá mesmo no Fb, resumi:

Agora querem criar um imposto sobre o NetFlix. Essa mania de meter impostos regressivos sobre tudo é que ajuda o Brasil a ter tanta deficiência.

Nenhum comentário: