sábado, 25 de julho de 2015

Meu Amigo Cairo


Querido diário:

Hoje vi o nome de meu colega Cairo de Assis Trindade na internet. Olhei de cá e de lá e cheguei a este (clique aqui) site. E fiquei impressionado: como ele fez coisas nestes 53 anos desde que se despediu de Porto Alegre e se foi ao Rio de Janeiro. E achei muito mais coisa. E pensei que, assim que mudar de tecnologia de telefone celular, vou entrar em contato com ele. Quem sabe, poderei ser aluno de sua oficina literária, tentando melhorar o que posto neste blog (e escrevo em outros locais) com este marcador Escritos. Neste meio tempo, achei este poema genial:


Celebração

hoje é sempre melhor
do que ontem,
porque hoje é hoje,
esta coisa mágica,
única, surpreendente,
que se acaba de repente.

hoje é melhor
do que amanhã,
porque hoje é hoje
e estamos vivos
e plenos de tanto,
até não se sabe
como e quando.

hoje é sempre
melhor que sempre,
porque o hoje foge,
amanhã é um mistério
e ontem é só memória,
história, já era.

hoje é sempre
o maior presente,
porque a vida é agora,
esta hora de som
e luz e festa,
e este instante é tudo
o que nos resta.


DdAB
Neste clima, pensei em fazer dois hai-kais. Não o fiz, pois fiquei com medo de ser acusado de plágio. Seja como for, deixo registrado como homenagem cheia de afeto do adulto que reconheceu no menino o querido amigo de outrora.

primeiro:
hoje é sempre melhor
do que ontem,
porque hoje é hoje


segundo:
hoje é melhor
do que amanhã,
porque hoje é hoje 


Nenhum comentário: