terça-feira, 14 de julho de 2015

Avesso do Avesso do Avesso do Avesso do Av...



Querido diário:

Na filosófica fórmula do produtório que nos encima, Ai é o anverso do ser. Deste modo 1/Ai é seu avesso. E o produtório quer dizer uma sequência de avessos maior até que o título da postagem. Tudo tem a ver com a canção com que Caetano Veloso homenageou São Paulo. Ou foi Jaguari?

E que me fez tornar-me laudatório? É que, dada a restrição fiscal a que o governo está submetendo os hospitais, as escolas, os guardinhas de rua, e tudo o mais (exceto, claro, os integrantes dos altos escalões do próprio governo, os demais políticos, os juízes), muito estranhei maiores facilidades para ampliação do crédito ao consumidor por meio de seus "cartões". Será o lobby dos cartões? Será que Caetano será o novo candidato a presidente da república?

DdAB
P.S. Como é usual em minhas postagens, acho uns temas de economia política que recendem a besteirol e vice-versa. Eita, Brazil, que talvez a fonte de todos os azares seja mesmo terem tirado o z e metido o s. E mais ainda: meu marcador de erros de digitação do Windows ou de quem o valha não conhece o verbo recender. Eu mesmo tremi e cheguei a tentar rescender. Ambos estão sublinhadinhos de vermelho. Aliás, sublinhadinho também está sublinhadinho. Eita, besteirol!

Nenhum comentário: