domingo, 5 de maio de 2013

Trabalhadores do Mundo, Uni-vos!

Querido diário:
É até engraçado que eu há muitos anos lembre da data de nascimento de Karl Henrich Marx: hoje (e há 195 anos)! Aqui temos uma prova bem velhinha. E, num senso de previsão invejável, imaginei, no dia primeiro de maio, que o dia cinco chegaria inevitavelmente (à la Humme...), escrevendo o "Workers of all countries: unite!". Por pura coincidência, que não é de meus hábitos mensais, estava lendo a revista Piauí de abril. Em sua página 10, Paula Scarpin tem artigo sobre belezas urbanas do Rio de Janeiro, fala em professores da UFRJ e estampa a frase "Trabalhadores do mundo, uni-vos!".

Fiquei pensando na tradução. Parece que aprendi sabe-se lá onde que a tradução da legenda esculpida na lápide de Marx em Highgate é mais sintética como cita Paula Scarpin. Mas não é bem português-brasileiro, que está derrubando a ênclise. E a revolução? Parece que as sucessivas assembleias do Planeta 23 têm exibido insofismável preferência pela inquietante pergunta: "Trabalhadores de todos os povos: que tal as reformas democráticas que conduzem ao socialismo?"

Happy birthday, dear Marx!

DdAB

Nenhum comentário: