sábado, 8 de dezembro de 2012

Falhas de Mercado e Segurança Privada

Querido diário:
Os economistas clássicos e Marx nada sabiam sobre falhas de mercado, ou melhor, talvez até soubessem, mas não deviam achar o fenômeno importante o suficiente de sorte a desviá-los da descrição do lado alegre do sistema e sua capacidade de crescer (e estagnar...). A mais interessante, sob o ponto de vista da capacidade do próprio mercado em reerguer-se ("no capitalismo, tudo vira mercadoria") é a assimetria de informação. Hà dois tipos de assimetria de informação especificamente destinadas à manipulação que os agentes fazem da informação disponível:

.a. seleção adversa
.b. perigo (risco moral).

O interessante é, na seleção adversa, que o vendedor atrai precisamente o comprador complicado. E no perigo moral é que o comprador é que desleixa em suas obrigações.

No mercado de seguros, surgiram soluções para ambas. No primeiro caso, há carência para uma apólice começar a vigorar. No segundo, há franquia, para sinistros inferiores a certo montante.

DdAB

Nenhum comentário: